Arquivo mensal: maio 2014

“Alunos e funcionários defendem direito à greve”

Publicado em: Jornal do Campus, 426 (Maio/2014)
por Rogério Geraldo

Para Neli Wada, uma das diretoras do Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp), os benefícios de uma greve não ficam restritos àqueles que reivindicam algo para a sua classe, mas se estendem inclusive para os contrários a paralisação. Neli cita como exemplo o funcionamento das universidades estaduais paulistas. Para ela, a manutenção do ensino gratuito e do controle, no caso da USP, dos hospitais universitários se deve, em parte, às pressões realizadas por meio das greves. Contudo, ressalta que as paralisações são realizadas quando se esgotam as tentativas de acordo. “A partir de então, a greve se torna o único elemento eficaz para que o trabalhador defenda seus interesses, mas não somente o seus, já que nós que somos servidores públicos temos o dever e a obrigação de defender o serviço público de qualidade e também que os benefícios destes serviços cheguem até a população”, ressalta.

Leia em: http://www.jornaldocampus.usp.br/index.php/2014/05/alunos-e-funcionarios-defendem-direito-a-greve/

Etiquetado , ,

“Formato da greve é criticado por estudantes”

Publicado em: Jornal do Campus, 426 (maio/2014)
Editorial: Opinião, por Bruna de Alencar

“Os professores e funcionários da USP estão em greve desde o dia 27 de maio, por tempo indeterminado. A paralisação é uma forma de manifestar descontentamento com a decisão do Conselho dos Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp) de adiar o reajuste dos salários dos servidores das universidades estaduais. A greve atinge também a Unicamp e a Unesp”.

Leia em: http://www.jornaldocampus.usp.br/index.php/2014/05/formato-da-greve-e-criticado-por-estudantes

Etiquetado , ,

“USP gasta por mês R$ 90 milhões a mais do que recebe”

Publicado em: O Estado de SP (29/05/14)
por Paulo Saldaña

“A previsão atual de gastos além do orçamento é quase o dobro do que foi desenhado em fevereiro, quando a universidade aprovou o orçamento deste ano com previsão de corte de 30% em custeio e investimento”

Edição impressa

Etiquetado ,

“USP tem queda de 21% no orçamento e anuncia crise financeira”

Publicado em: R7 (29/04/14)
por Redação

“Em comunicado encaminhado à comunidade acadêmica na madrugada desta terça-feira (28), o reitor da USP (Universidade de São Paulo), Marco Antônio Zago, afirmou haver uma crise financeira na instituição.”

Leia em: http://noticias.r7.com/educacao/noticias/reitor-anuncia-crise-financeira-e-usp-corta-contratacoes-20140429.html

Etiquetado , ,

“Greve de professores na Unicamp tem adesão de 60%, diz associação”

Publicado em: G1 (28/05/14)
por Redação

“O primeiro dia de greve dos professores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) teve adesão de 60% da categoria, segundo números divulgados nesta quarta-feira (28) pela associação que representa os docentes.”

Leia em: http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2014/05/greve-de-professores-na-unicamp-tem-adesao-de-60-aponta-sindicato.html

Etiquetado , ,

“Crise da USP, a cartada final”

Publicado em: Viomundo (28/05/14)
por Jorge Souto Maior

“A atual reitoria da USP propôs, desde o início de sua gestão, uma retenção de gastos, que culminou com a redução dos salários de servidores e professores, conforme restou definido na semana passada, com repercussão na UNICAMP e na UNESP.”

Leia em: http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/jorge-luiz-souto-maior.html?fb_action_ids=10203719616771805&fb_action_types=og.likes

Etiquetado , ,

“Democratização vs. privatização da USP: a cartada final”

Publicado em: Blog da Boitempo, 28/05/14
por Jorge Luiz Souto Maior

“Tenta-se justificar a medida como forma de regularizar a situação financeira da Universidade, que foi conduzida ao caos pelos desajustes provocados pela gestão anterior. Não vou, por certo, defender o antigo Reitor, porque não teria razão alguma para tanto, mas não me parece correto debitar apenas a ele os problemas orçamentários da USP, sendo certo, ainda, que não traz benefício algum para a instituição ficarem os Reitores acusando-se mutuamente em artigos publicados na grande mídia, sobretudo porque ambos, e outros, estão integrados a um mesmo projeto”.

Leia em: http://blogdaboitempo.com.br/2014/05/28/democratizacao-vs-privatizacao-da-usp-a-cartada-final/

Etiquetado , ,

“Adesão ao primeiro dia de greve na USP é baixa”

Publicado em: O Estado de SP (28/05/14)
por Victor Vieira

“As categorias decidiram cruzar os braços contra o congelamento de salários dos docentes e servidores neste ano, anunciado há 15 dias pelo conselho de reitores.”

Edição impressa

Etiquetado ,

“Unanimidades não tão unânimes”

Publicado em: O Estado de SP, 28/05/14
Editorial

“Em uma sociedade que se considera cada vez mais plural, há um setor onde a unanimidade ainda parece ser a regra: os órgãos colegiados das instituições e empresas. Recentemente, tornou-se público que o Conselho Universitário da USP havia aprovado por unanimidade o plano de carreira para os seus funcionários e professores, fator responsável em boa medida pela atual situação em que os salários representam 105,14% do seu orçamento. Todos estavam de acordo em que agora era a melhor hora de implantá-lo? No mínimo, é um assunto complexo, passível de uma análise discordante.”

Link:http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,unanimidades-nao-tao-unanimes-imp-,1172621

Etiquetado , ,

“Em greve, USP tem aulas suspensas em pelo menos quatro faculdades”

Publicado em: O Estado de SP, Digital, 28/05/14
por Redação

“Pelo menos quatro escolas da Universidade de São Paulo (USP) tiveram aulas suspensas nesta quarta-feira, 28, segundo dia de greve de professores, funcionários e alunos. As categorias protestam contra o congelamento de salários de docentes e servidores, anunciado pelo Conselho de Reitores das Universidades Estaduais (Cruesp) há duas semanas.”

Leia em: http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,em-greve-usp-tem-aulas-suspensas-em-pelo-menos-quatro-faculdades,1172978

Etiquetado , ,

“Greve na USP e Unesp é parcial no interior de SP”

Publicado em: O Estado de SP, Digital, 28/05/14
por Agência Estado

“Funcionários e professores do interior do Estado aderiram parcialmente à greve que atinge as universidades públicas paulistas. A paralisação é registrada, entre outros, nos campi da Universidade de São Paulo (USP) nas cidades de São Carlos e Ribeirão Preto, e da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Franca, Rio Claro, Araraquara e Jaboticabal.”

Leia em:http://www.estadao.com.br/noticias/geral,greve-na-usp-e-unesp-e-parcial-no-interior-de-sp,1173000

Etiquetado , ,

“Cursos de direito, engenharia e medicina da USP não aderem à greve”

Publicado em: IG Último Segundo (28/05/14)
por Redação

“Após o primeiro dia de greve geral de funcionários, professores e de estudantes da Universidade de São Paulo (USP), a paralisação – anunciada na última semana – teve pouca interferência na rotina de aulas dos alunos. Em geral, em grande parte dos cursos, as aulas ocorreram com certa normalidade. As faculdades de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) e a de Educação (FEUSP) foram alguns dos centros onde a adesão foi mais intensificada, segundo estudantes consultados pelo iG Educação.”

Leia em: http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/2014-05-28/com-baixa-adesao-greve-geral-da-usp-brpouco-afeta-aulas-nas-faculdades.html

Etiquetado ,

“Unicamp se posiciona favorável a retomar negociação com grevistas”

Publicado em: G1 (27/05/14)
por Redação

“O Conselho Universitário (Consu), órgão máximo de deliberação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), se posicionou favorável à reabertura das negociações salariais com professores e funcionários que estão em greve. Os conselheiros, que representam a instituição, aprovaram durante reunião realizada nesta terça-feira (27) uma recomendação que será encaminhada ao Conselho dos Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp), para que eles revejam a decisão de não conceder nenhum reajuste aos servidores em 2014.”

Leia em: http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2014/05/unicamp-se-posiciona-favoravel-retomar-negociacao-com-grevistas.html

Etiquetado , ,

“Professores e funcionários da USP, Unicamp e Unesp entram em greve hoje”

Publicado em: Agência Brasil (27/05/14)
por Elaine Patricia Cruz

“Professores, funcionários e alunos da Universidade de São Paulo (USP), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp) entram em greve a partir de hoje (27) contra o congelamento de salários. Eles reclamam que o Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp) não propôs qualquer tipo de reajuste para as categorias, nem mesmo a reposição da inflação.”

Leia em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2014-05/professores-e-funcionarios-da-usp-unicamp-e-unesp-entram-em-greve-hoje

Etiquetado , , ,

“O futuro da USP”

Publicado em: O Estado de SP (27/05/14)
Opinião

“O colapso financeiro da Universidade de São Paulo (USP) é o desdobramento de duas outras crises que a maior e mais importante instituição de ensino superior do País vem enfrentando há anos. A primeira crise é de caráter institucional e diz respeito à falta de critérios claros e precisos para a definição de prioridades. A segunda crise é de caráter administrativo e decorre das amarras corporativas às quais os professores e os servidores se prendem. Essa é a opinião de conceituados professores da USP ouvidos pelo jornal O Estado de S. Paulo, na edição de domingo.”

Leia em:http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,o-futuro-da-usp-imp-,1172131

Edição impressa

Etiquetado , ,

“USP, Unesp e Unicamp entram em greve nesta terça-feira”

Publicado em: O Estado de SP, Digital, 27/05/14
por Victor Vieira

“Professores, funcionários e alunos da Universidade de São Paulo (USP) entram em greve nesta terça-feira, 27, contra o congelamento de salários das categorias. Na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e em parte da Universidade Estadual Paulista (Unesp), as três categorias também decidiram cruzar os braços. Na USP e na Unicamp, professores não faziam greve geral desde 2009.”

Leia em: http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,usp-unesp-e-unicamp-entram-em-greve-nesta-terca-feira,1171897

Etiquetado , , ,

“Greve geral de professores, funcionários e alunos da USP tem baixa adesão”

Publicado em: O Estado de SP, Digital (27/05/14)
por Victor Vieira

“As categorias decidiram cruzar os braços contra o congelamento de salários dos docentes e servidores neste ano, anunciado há 15 dias pelo conselho de reitores. Docentes, funcionários e alunos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp) também resolveram parar.”

Leia em:http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,greve-geral-de-professores-funcionarios-e-alunos-da-usp-tem-baixa-adesao,1172275

Etiquetado , ,

“Greve geral da USP tem baixa adesão”

Publicado em: O Estado de SP (27/05/14)
por Victor Vieira – Agência Estado

“Apenas parte das unidades do câmpus Butantã da Universidade de São Paulo (USP) pararam na manhã desta terça-feira, 27, primeiro dia da greve geral de professores, funcionários e alunos. As três categorias decidiram cruzar os braços contra o congelamento de salários de docentes e servidores em 2014, decisão tomada pelo Conselho de Reitores das três universidades estaduais paulistas na semana passada.”

Leia em: http://www.estadao.com.br/noticias/geral,greve-geral-da-usp-tem-baixa-adesao,1172334

Etiquetado , ,

“Greve na USP, Unesp e Unicamp começa nesta terça-feira”

Publicado em: Veja, Digital (27/05/14)
por Bianca Bibiano

“Professores e funcionários da Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Universidade Estadual Paulista (Unesp) entram em greve nesta terça-feira. Em cinco campi da Unesp a paralisação dos servidores começou na semana passada, logo após a decisão do Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp) de manter o congelamento dos salários neste ano. Segundo os dirigentes, atualmente os salários comprometem 95,42% do orçamento da Unesp, 97,33% da Unicamp e 105% da USP, o que explica o congelamento.”

Leia em: http://veja.abril.com.br/noticia/educacao/greve-na-usp-unesp-e-unicamp-comeca-nesta-terca-feira

Etiquetado , ,

“Professores e funcionários da USP entram em greve”

Publicado em: G1 (27/05/2014)
Por Redação

“Professores e funcionários da USP começaram nesta terça-feira (27) uma greve por tempo indeterminado. A paralisação é contra a decisão do Conselho dos Reitores das Universidades Paulistas (Cruesp) de adiar o reajuste dos salários dos servidores das universidades estaduais.”

Leia em: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/05/professores-e-funcionarios-da-usp-entram-em-greve.html

Etiquetado , , , , , , ,