Arquivo da tag: Greve

“A volta”

Publicado em: Blog Dia de greve, dia de trabalho (24/09/14)
por Marina Macambyra

DSCN6386

“Daqui pra frente, sempre que alguém falar de qualquer coisa que lembre vagamente greve, tipo faixa, boletim, tinta, caminhão, microfone ou mesmo areia, vai olhar pra você. E no meio de qualquer discussão de trabalho, sempre que entrar na conversa um problema clássico da USP, seja a burocracia ou o abandono de animais no campus, vai ter sempre alguém dizendo que o problema da USP são as greves e te olhando com um rabo de olho acusador.”

Leia em: http://diadegreve.blogspot.com.br/2014/09/a-volta.html

Etiquetado , ,

“A USP após a greve”

Publicado em: Portal Estadão – Blog Roberto Lobo (18/09/14)
por Roberto Lobo

“Parece claro que a situação financeira da USP não estará resolvida com o final da greve, muito pelo contrário – continuará o déficit anual para gastos de manutenção, incluindo salários, em relação ao orçamento proveniente do Estado. As reservas continuarão sendo consumidas em uma proporção que dependerá do eventual crescimento do ICMS e da política de reajustes salariais das universidades estaduais paulistas.”

Leia em: http://blogs.estadao.com.br/roberto-lobo/a-usp-apos-a-greve/

Etiquetado , ,

“A linha do tempo da greve na USP”

Publicado em: Jornal do Campus (setembro de 2014)
por Redação

“Desde o fim de maio, funcionários, professores e alunos da Universidade de São Paulo estão em greve contra o plano de corte de gastos implantado pelo atual reitor Marco Antonio Zago, que continha a promessa de congelar os salários de docentes e servidores. Como justificativa, Zago coloca o rombo financeiro no qual a Universidade se encontra, dizendo ainda que o gasto com a classe trabalhadora absorveria mais do que 100% do orçamento, dados não comprovados pelo livro de contas da Universidade, que permanece obscuro.”

Leia em: http://www.jornaldocampus.usp.br/index.php/2014/09/a-linha-do-tempo-da-greve-na-usp/

Etiquetado ,

“Após 114 dias, reitoria e grevistas fecham acordo e USP deve voltar às aulas na segunda”

Publicado em: O Estado de SP – Impresso (18/09/14)
por Victor Vieira

E leia também:
‘É o reitor mais difícil que já conhecemos’
Análise: Situação financeira não está resolvida
Zago reclama que verba de ensino vai ‘para fralda’

Em: Edição impressa

Etiquetado ,

“‘É o reitor mais difícil que já conhecemos’, diz presidente do sindicato”

Publicado em: O Estado de SP (18/09/14)
por Victor Vieira

“Funcionário da USP há quase 40 anos e presidente do sindicato dos trabalhadores da universidade, Magno de Carvalho afirmou que essa foi a greve mais longa e difícil que já participou. Ele reclama que a administração da USP agiu com intransigência, como no corte de ponto dos grevistas, e classifica como “um tiro no pé” a ideia do reitor Marco Antonio Zago de levar a paralisação à Justiça do Trabalho. Zago diz que, antes de acionar o tribunal, os sindicatos se recusavam a negociar.”

Leia em: http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,e-o-reitor-mais-dificil-que-ja-conhecemos-diz-presidente-do-sindicato,1561865

Edição impressa

Etiquetado , , , ,

“Análise: Situação financeira da USP não está resolvida”

Publicado em: O Estado de SP (18/09/14)
Análise, por Roberto Leal Lobo e Silva Filho

“Parece claro que a situação financeira da USP não estará resolvida com o fim da greve, muito pelo contrário – continuará o déficit anual para gastos de manutenção, incluindo salários, em relação ao orçamento proveniente do Estado. As reservas continuarão sendo consumidas em uma proporção que dependerá do eventual crescimento do ICMS e da política de reajustes salariais das estaduais paulistas.”

Leia em: http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,analise-situacao-financeira-da-usp-nao-esta-resolvida,1561868

Edição impressa

Etiquetado , , ,

“USP e sindicato fecham acordo no TRT sobre reposição de dias parados”

Publicado em: G1 (17/09/14)
por Roney Domingos

“Se a proposta for aprovada pelos trabalhadores, poderá pôr fim a 114 dias de greve. O sindicato se comprometeu com o TRT a propor indicativo de final de greve aos trabalhadores. O presidente do Sintusp, Magno de Carvalho, disse que é quase certo que a paralisação será encerrada na sexta. “Acho que essa possibilidade [a manutenção da greve] é mínima. É nula quase”, afirmou.”

Leia em: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/09/usp-e-sindicato-fecham-acordo-no-trt-sobre-reposicao-de-dias-parados.html

Etiquetado , , ,

“USP e funcionários chegam a acordo e aulas devem voltar na segunda”

Publicado em: O Estado de SP (17/09/14)
por Victor Vieira

“A Universidade de São Paulo (USP) e o Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp) chegaram a um acordo na tarde desta quarta-feira, 17, em audiência de conciliação realizada no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). As atividades devem voltar ao normal na próxima segunda-feira. A decisão de colocar fim à paralisação ainda depende, no entanto, da aprovação dos funcionários e professores em assembleia.”

Leia em: http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,usp-e-funcionarios-chegam-a-acordo-e-aulas-devem-voltar-na-2,1561770

Etiquetado , , , ,

“Funcionários e USP entram em acordo e greve deve terminar na segunda”

Publicado em: Folha de SP (17/09/14)
por Redação

“O acordo foi fechado em reunião realizada no TRT (Tribunal Regional do Trabalho), onde foi determinado que os funcionários farão uma hora extra de trabalho por 70 dias. A categoria defendia que a reposição integral das horas não trabalhadas, como queria a reitoria, seria uma forma de punição aos grevistas.”

Leia em: http://www1.folha.uol.com.br/educacao/2014/09/1517603-funcionarios-e-usp-entram-em-acordo-e-greve-deve-termina-na-segunda.shtml

Etiquetado , , , ,

“‘Dias parados têm de ser compensados’, diz reitor da USP”

Publicado em: O Estado de SP (17/09/14)
por Luiz Fernando Toledo

“Sobre a desvinculação do Hospital Universitário, Zago afirmou que a questão não pode ser vista com “preconceito” pelos críticos. “A gestão de um hospital por uma universidade é coisa do passado”, disse, mencionando o exemplo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP, vinculado ao Estado.”

Leia em: http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,dias-parados-tem-de-ser-compensados-diz-reitor-da-usp,1561707

Etiquetado , , , ,

“Greves, direitos e responsabilidades”

Publicado em: O Estado de SP (14/09/14)
Opinião, por José Antonio Segatto

“As greves que ora se sucedem nas universidades públicas paulistas recolocam um problema crucial, qual seja, os sentidos, as razões e as implicações dos movimentos paredistas no setor público, em particular para as instituições estatais e para a sociedade que o mantém.

Leia em: http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,greves-direitos-e-responsabilidades-imp-,1559877

Etiquetado , ,

“Editorial: Antes fosse só a greve”

Publicado em: Folha de SP (14/09/14)
Editorial

“Não se questiona como o Conselho Universitário, formado por quadros graduados da USP, aceitou tal degradação financeira. Ou o órgão foi conivente, ou o sistema permite que a reitoria atue impunemente de modo irresponsável.”

Leia em: http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2014/09/1515692-editorial-antes-fosse-so-a-greve.shtml

Etiquetado , , , ,

“Professores da Unesp aceitam proposta, mas continuam em greve”

Publicado em: Folha de SP (12/09/14)
por Lucas Sampaio

“Eles terão uma nova reunião com a reitoria na quinta (18) e pretendem avançar em alguns pontos da negociação, segundo a Adunesp (associação de docentes), como o pagamento imediato dos R$ 250 a mais de vale- alimentação, a garantia de não haver retaliação aos grevistas, a participação dos comandos locais de greve na definição dos calendários de reposição das aulas e a retomada da contratação de professores.”

Leia em: http://www1.folha.uol.com.br/educacao/2014/09/1515422-professores-da-unesp-aceitam-proposta-mas-continuam-em-greve.shtml

Etiquetado ,

“Entenda a negociação para o fim da greve na USP”

Publicado em: G1 (12/09/14)
por Redação

“A greve de funcionários e professores da Universidade de São Paulo (USP) já dura mais de 100 dias. A reitoria abandonou a proposta inicial de reajuste zero e ofereceu 5,2%, mas o Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp) considerou a oferta insuficiente. E o impasse continua.”

Leia em: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/09/entenda-negociacao-para-o-fim-da-greve-na-usp.html

Etiquetado , , ,

“Sem acordo após reunião de três horas, funcionários da USP mantêm greve”

Veiculado por: Rádio CBN (11/09/14)

“Reitoria e sindicato não chegaram a um acordo sobre compensação das horas não trabalhadas.”

Ouça em: http://cbn.globoradio.globo.com/sao-paulo/2014/09/11/SEM-ACORDO-APOS-REUNIAO-DE-TRES-HORAS-FUNCIONARIOS-DA-USP-MANTEM-GREVE.htm

Etiquetado , ,

“Professores da USP aprovam manutenção da greve até o próximo dia 22 “

Publicado em: R7 (12/09/14)
por Redação

“A postura foi aprovada em uma assembleia realizada pela Adusp (Associação dos Docentes da USP) na noite de ontem (11), e segue mesma determinação do Fórum das Seis, entidade que representa docentes, servidores técnicos e alunos das três estaduais paulistas (USP, Unesp e Unicamp).”

Leia em: http://noticias.r7.com/educacao/professores-da-usp-aprovam-manutencao-da-greve-ate-o-proximo-dia-22-12092014

Etiquetado , ,

“Em assembleia, professores da USP decidem manter greve”

Publicado em: G1 (11/09/13)
por Redação

“Os professores da Universidade de São Paulo (USP) em greve desde o fim de maio decidiram, na tarde desta quinta-feira (11), manter a paralisação. Segundo comunicado da Associação dos Docentes da USP (Adusp), a greve foi mantida até pelo menos o dia 22 de setembro. Esse foi o indicativo aprovado pela maioria dos professores reunidos em assembleia nesta quinta.”

Leia em: http://g1.globo.com/educacao/noticia/2014/09/em-assembleia-professores-da-usp-decidem-manter-greve.html

Etiquetado , , ,

“Apenas USP adia decisão sobre abono de grevistas”

Publicado em: O Estado de SP – Impresso (11/09/14)
por Luiz Fernando Toledo

Leia em: Edição impressa

Etiquetado , , , , , ,