Arquivo da tag: repasse ICMS

“Professores questionam repasses à USP”

Publicado em: O Estado de SP (20/09/14)
por Herton Escobar e Luiz Fernando Toledo

“Segundo os autores do documento, que preferiram permanecer anônimos, os valores repassados pelo governo do Estado desde o início de 2008 até junho de 2014 ficaram abaixo da cota exigida pela Lei de Diretrizes Orçamentárias, que é de 5% da parte do Estado no ICMS (ou 3,77% do imposto).”

Leia em: http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,professores-questionam-repasses-a-usp,1563145

Anúncios
Etiquetado ,

“Professores questionam repasses à universidade”

Publicado em: O Estado de SP (20/09/14)
por Herton Escobar e Luiz Fernando Toledo

“A conta inclui cerca de R$ 530 milhões de diferença entre o que os docentes calculam que a universidade deveria ter recebido da sua parte no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o que foi efetivamente repassado nesse período, além de R$ 687 milhões em recursos adicionais que, segundo eles, deveriam ter entrado como contrapartida pela expansão de vagas, mas também não foram repassados.”

Leia em: http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,professores-questionam-repasses-a-universidade-imp-,1563303

Etiquetado ,

“Docentes dizem que Estado deixou de repassar R$ 1,2 bilhão à USP desde 2008”

Publicado em: Portal Estadão, Blog do Herton escobar
por Herton Escobar

“A conta inclui cerca de R$ 530 milhões de diferença entre o que os docentes calculam que a universidade deveria ter recebido da sua parte no ICMS e o que foi efetivamente repassado à instituição pelo governo nesse período, além de R$ 687 milhões em recursos adicionais que, segundo eles, deveriam ter entrado como contrapartida pela expansão de vagas na instituição, mas também não foram repassados.”

Leia em: http://blogs.estadao.com.br/herton-escobar/docentes-dizem-que-estado-deixou-de-repassar-r-12-bilhao-a-usp-desde-2008/

Etiquetado ,

“Em defesa da USP: repasses financeiros do Estado”

Publicado em: Blog Cientificando (09/09/14)
por Docentes mobilizados do Instituto de Biociências

“Neste contexto, surpreende a persistência da atual Reitoria da USP em apresentar “soluções” que envolvem tão somente (i) a redução do número de servidores por meio do plano de demissão voluntária, causando aumento dos gastos no curto prazo e insuficiência de apoio técnico-administrativo; (ii) a transferência do Hospital Universitário para a Secretaria da Saúde, com previsíveis prejuízos para a formação de mais de 2400 alunos, anualmente, tanto de graduação como de pós-graduação, das áreas de medicina, enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, nutrição, odontologia e farmácia, e (iii) o arrocho salarial de docentes e servidores técnico-administrativos.”

Leia em: http://cientificando.wordpress.com/2014/09/09/em-defesa-da-usp-repasses-financeiros-do-estado/

Etiquetado , , ,
Anúncios